Paris (França) – 3 atrações imperdíveis no Museu do Louvre

O Museu do Louvre é tão imperdível quanto outras famosas atrações de Paris, como a Torre Eiffel, o Arco do Triunfo ou a Champs-Elysées. Mas, sem dúvidas, é a que vai tomar mais tempo da sua viagem à França caso você seja como eu – aquele cara que quer ter certeza de que viu tudo por onde passou. :)

Louvre

Vou começar falando das 3 obras que mais gostei no Louvre e que foram mostradas no episódio acima. Definitivamente, só por elas já valeria visitar o museu… Mas ele é tão, tão, mas tão grande que seria impossível falar de todas as maravilhas que estão por lá em um vídeo só: daria pra fazer uma temporada inteira do 3em3! Só para vocês terem uma ideia, o Louvre possui mais de 380 mil itens, sendo que somente 35 mil ficam em exposição permanente nos seus 60 mil metros quadrados de área construída.

Vamos lá?

1) O Egito Antigo

O Louvre possui mais de 50 mil peças do Egito Antigo, as civilizações que ficavam à beira do Nilo entre 4000 AC e 400 DC. Claro, não ewstão todas expostas, mas uma boa parte dos itens de arte, escrituras em papiro, ferramentas, roupas, jóias, instrumentos musicais, armas, tumbas e até múmias podem ser vistas nas 30 salas dedicadas ao tema.

Nossa recomendação é que você comece seu passeio pelo Louvre por aqui, no pavilhão Sully. Uma boa tática é começar pelo subsolo (-1) do Sully, onde fica o Louvre Medieval, e ao final subir as escadas à sala 1 do Egito Antigo ao seu final. ;)

Egito

A sala dos Sarcófagos e a múmia mostradas no vídeo estão no setor Antiguidades Egípcias, e acredite: vale a pena passear por todas as 30 salas desta seção seguindo o mapa – uma é mais surpreendente que a outra:

Egito Antigo

Egito Antigo

Egito Antigo

2) O Código de Hamurábi

O Código de Hamurabi é um dos conjuntos de leis mais antigos que se tem registrados, e acredita-se que foi escrito pelo rei Hamurábi em aprox. 1700 AC. O monolito foi encontrado por uma expedição francesa em 1901 na região da antiga Mesopotâmia, atual Irã. Suas 282 leis estão talhadas em pedra e, entre elas, está a famosa Lei de Talião: olho por olho, dente por dente.

Código de Hamurabi

Os crimes e respectivas punições detalhados por este Código são um marco do Direito, apresentando delitos relacionados a trabalho, família, propriedades e escravidão.

O item está na sala 3 de Antiguidades Orientais (ala Richelieu).

3) Mona Lisa

Convenhamos: não dá para visitar o Louvre sem dar uma olhadinha na La Gioconda, né? Pena que TODO MUNDO pensa o mesmo! rs

Mona Lisa

A ala das pinturas italianas é enorme, com inúmeras obras do século XIII ao XVIII… Mas somente uma delas é capaz de lotar a sala 7 desta área no pavilhão Denon: Mona Lisa!

Mona Lisa

A mais famosa modelo de Leonardo daVinci permanece um mistério. Apesar de historiadores acreditarem que ela seria Lisa Gherardini, esposa de Francesco del Giocondo – um rico comerciante de seda de Florença e vizinho do pintor/inventor. Mas outros dizem que ela na verdade é um auto-retrato do pintor com feições femininas. Será?

Roteiro

Este é um caso de que um estudo prévio sobre o local acaba fazendo toda a diferença ao visitá-lo! Apesar de termos colocado somente 3 atrações no nosso vídeo, há muito mais coisas incríveis dentro do museu da pirâmide de vidro! E com tantas atrações legais, a última coisa que você quer é ficar tentando decifrar mapas na hora, né? Dá uma olhadinha nele aqui pra já ir tendo uma ideia de como as alas estão divididas. Você pode baixar o pdf do mapa em português aqui.

Bom, vou colocar abaixo algumas obras que merecem destaque e você deveria considerar dar uma olhadinha ao visitar o Louvre, divididas pelos pavilhões:

Sully – Subsolo (-1)

Louvre Medieval – É uma área preservada da fortaleza que existia na região.

Louvre Medieval

Sully – Térreo

As Esfinges – Sala 11 do setor verde (Antiguidades egípcias)

Esfinge

Estátua de Ramsés II – Sala 12 do setor verde (Antiguidades egípcias)

A estátua de Ramsés II é a primeira, da esquerda para a direita.

A estátua de Ramsés II é a primeira, da esquerda para a direita.

Vênus de Milo – Sala 16 do setor azul (Antiguidades gregas, etruscas e romanas)

Venus de Milo

Sully – Primeiro Andar

O Escriba Sentado – Sala 22 do setor verde (Antiguidades egípcias)

Escriba Sentado

Richelieu – Subsolo (-1)

Pátios Puget e Marly – Sala 20 do setor marrom (Esculturas)

São dois fantásticos pátios com luz natural (o teto é de vidro), cheios de esculturas. Destaque para os Cavalos de Marly e a estátua dos Four Captives (que representam a Espanha, o Império Romano, Holanda e Brandenburgo.

Pátio Marly, com os Cavalos de Marly ao fundo.

Pátio Marly, com os Cavalos de Marly ao fundo.

Four Captives

Four Captives

Richelieu – Térreo

Código de Hamurabi – Sala 3 do setor amarelo (Antiguidades orientais)

Richelieu – Primeiro Andar

Apartamentos de Napoleão III – salas 82 a 87 do setor vinho (Objetos de arte)

Aposentos de Napoleão

Richelieu – Segundo Andar

A Rendeira, de J. Vermeer – Sala 38 do setor vermelho listrado (Pinturas)

Denon – Subsolo (-1)

Santa Maria Madalena – Sala C do setor marrom (Esculturas)

Denon – Térreo

Psique Reanimada pelo Beijo do Amor – Sala 4 do setor marrom (Esculturas)

Vitória de Samotrácia – na escada logo acima da sala 4 do setor azul (Antiguidades gregas, etruscas e romanas)

Victoria de Samotracia

Denon – Primeiro Andar

A Madona das Rochas de Leonardo da Vinci – Sala 5 do setor vermelho (Pinturas)

Mona Lisa de Leonardo da Vinci – Sala 7 do setor vermelho (Pinturas)

Nem preciso dizer que esta lista está resumidíssima, né? Ao andar pelo museu vocês verão outras obras incríveis, então explore bastante! :)

Como chegar

  • Metrô: desça na estação Palais-Royal–Musée du Louvre (linhas 1 e 7).
  • Ônibus: todas essas linhas param no Louvre: 21, 24, 27, 39, 48, 68, 69, 72, 81 e 95, além do Paris Open Tour.

Horários

O museu abre todos os dias, menos às terças-feiras e alguns feriados. Horário: das 9 às 18h, mas às quartas e sextas fica aberto até as 21:45.

Preço

O ingresso custa 15 euros, e pode ser comprado aqui. O bilhete é válido para o dia inteiro (você pode entrar e sair à vontade). Entre outubro e março, a entrada é gratuita no primeiro domingo de cada mês. Menores de 18 anos e portadores de deficiência (e acompanhante) não pagam.

Dicas gerais

  1. Divida seu passeio em três partes: um para cada pavilhão (Sully, Richelieu e Denon). Apesar deles serem interligados entre si em todos os andares, vale a pena “matar” tudo o que você quer ver em cada pavilhão antes de seguir para o próximo. Acaba facilitando na hora de se programar.
  2. O mapa dado aos visitantes é excelente, com dicas do que visitar e fotos das obras mais importantes de cada área. Use e abuse dele! É disponibilizado logo na entrada, em diversas línguas (inclusive português).
  3. Desligue o flash de sua câmera – evitará tomar um puxão de orelha dos seguranças.
  4. Dependendo da época as filas serão enormes, então chegue o mais cedo possível e com o ingresso já comprado online (no link que passei acima).
  5. Uma alternativa para driblar as filas é entrar por uma das outras 2 entradas secundárias: na Rue de Rivoli, 99 ou na Porte des Lions. Mas convenhamos: entrar pela pirâmide de vidro é muito mais legal. =D
  6. Fique sempre ligado à sua volta: batedores de carteira são comuns em toda Paris, então tome cuidado com seus pertences (já falei para vocês que levaram uma câmera minha na EuroDisney, né? Pois é.)
  7. Ah, não se esqueça de ir no Carrousel du Louvre, um mini-shopping no subsolo com diversas lojas (Apple, Swatch, Swarovski…) e a famosa pirâmide invertida! :)

Pirâmide Invertida

É isso aí, pessoal… Gostaram? Se esquecemos de algo, coloquem aí nos comentários! Sugestões são sempre bem-vindas. :)

Texto: Sidney Michaluate
Imagens: Sidney Michaluate
Edição: Sidney Michaluate / Anderson Spinelli

Comentários

Local: França, Paris
Sobre o Autor
- Sidney, ou Sido, é um nerd formado em Engenharia e Marketing. Trabalhou durante mais de 10 anos com logística - até descobrir que transportar a si mesmo pelo mundo é muito mais gratificante! Cinéfilo e viciado em promoções, mantém os blogs PromoSido, ApareSido e o projeto Já Viu Este Filme?