Belize – Episódio 2 – Caye Caulker e San Pedro

No primeiro episódio da série em Belize, mostramos o inacreditável Blue Hole e as águas cristalinas de Placência. Agora chegou a hora de viajar conosco pra Caye Caulker, uma ilha com menos de mil habitantes, ruas de areia, muito sossego e inúmeros pontos de mergulho.

Isso sem falar na maior barreira de corais do hemisfério norte, que fica a uma viagem curta de barco ali da ilha e reserva um mundo subaquático dos mais ricos e abundantes do planeta. Se você procura o Caribe em sua essência, com a vida em modo desacelerado, Caye Caulker é a escolha perfeita.

1) Hol Chan Marine Reserve

Com aproximadamente 18 km quadrados de extensão, a reserva marinha de Hol Chan supera qualquer expectativa, por mais alta que ela seja. Por lá já foram identificadas mais de 160 espécies de peixes e 40 espécies de corais, apenas pra se ter uma ideia da biodiversidade do local. Prepare-se para nadar com arraias, tartarugas marinhas e até moreias!

O nome Hol Chan significa “Pequeno Canal” no idioma dos maias. E apesar da nomenclatura, o canal não é tão pequeno assim. Tanto que ele foi dividido em 4 zonas pra facilitar identificação dos habitats presentes na reserva.

Como ninguém é de ferro, depois pra primeira parada, rolou um ceviche preparado na hora, com frutos do mar capturados diretamente do fundo do oceano pelo nosso capitão Harry, que além de pilotar o barco, servia de guia, cantava, cozinhava e fazia a alegria da galera do barco.

Shark Ray Alley

Partimos então pro Shark Ray Alley, onde é possível nadar lado a lado com enormes tubarões-marrons. Apesar de parecer assustador num primeiro momento, eles são totalmente inofensivos e a experiência de ficar tão próximo a esses bichinhos é simplesmente indescritível.

Manatees

Se os tubarões já pareciam enormes, espere só pra ver um peixe-boi passando a alguns metros de você. Com aproximadamente 4 metros de comprimento e quase 600 kilos, os manatees se movem calmamente nas águas quentes do Caribe. São cerca de 1000 simpáticas criaturas dessa e felizmente a população tem crescido, graças aos cuidados do governo de Belize.

Pra finalizar um dia memorável desse, ainda teve uma última parada pra curtir um Rum Punch admirando o belíssimo pôr do sol em Caye Caulker.

2) San Pedro

Como fizemos apenas um bate-volta a San Pedro durante o dia, não deu pra mostrar a vida agitada da cidadezinha a noite. Mas quem liga quando se tem uma ilha dessas pra subir o drone e fazer uns takes lá do alto? Ela é tão estreitinha que, assim como Caye Caulker, dá pra atravessar toda sua extensão em questão de minutos.

Aliás, San Pedro é uma cidade que fica ao sul da ilha chamada Ambergris Caye, certamente a mais conhecida e visitada do país. Por ali ainda fomos ver alguns cavalos marinhos e alimentamos peixes gigantes bem próximo à costa.

Antes de ir embora, fomos no Elvi’s Kitchen, um delicioso restaurante ao melhor estilo caribenho. O chão é todo de areia, o ambiente é bem colorido e, bom, a comida também é deliciosa. Não tinha como fechar nosso passeio por lá de um jeito melhor.

3) Caye Caulker

San Pedro é mais famosa, recebe mais visitantes, mas pra ser bem sincero, foi Caye Caulker que ganhou nosso coração. Então nada mais justo do que mostrar mais um pouquinho da ilha pra vocês.

Pra preservar esse clima gostoso de tranquilidade e paz, os carros são proibidos de trafegar na ilha. Transporte por lá só a pé, de bicicleta ou com os carrinhos de golfe, que podem ser alugados por um valor justo.

Praia é o que não falta por lá, mas se você quer curtir um visual único e ainda beliscar uns petiscos, é só ir até o Split, que nada mais é que um corte que divide Caye Caulker em duas partes. As diferentes profundidades daquela passagem faz com que o mar tenha dezenas de tons. Bom, como uma imagem vale mais que mil palavras, dá uma olhada na beleza do lugar.

Por fim, não deixe de experimentar o café da manhã belizenho, que lembra o americano no quesito calorias, mas ganha no sabor. Não deixe de experimentar o Lizard Juice, a bebida típica de Caye Caulker.

Está gostando da mini-série? Então se escreve no canal, porque tem mais episódio de lá vindo por aí! Um abraço e até o próximo 3em3.

Comentários

Sobre o Autor
- Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 27 países. Em 2013, deu início ao projeto Destinos Imperdíveis.