Atacama (Chile) – Lagunas Escondidas, Piedras Rojas e San Pedro de Atacama

O 3em3 está de volta ao Deserto do Atacama, dessa vez pra mostrar mais alguns passeios praticamente obrigatórios pra quem visita esse incrível destino chileno. Tem lagoas cristalinas, salar com flamingos e até passeio que tinha tudo pra dar errado, mas no final acabou dando certo! Ahhh, e se você não conferiu o primeiro episódio, aproveita pra dar uma olhada assim que acabar esse vídeo.

1) Lagunas Escondidas

O passeio pras Lagunas Escondidas de Baltinache é um dos mais recentes do Atacama, tendo sido iniciado há cerca de 4 anos. São 7 lagoas lindíssimas, todas bem diferentes entre si. A concentração de sal nelas é tão alto que você vai boiar mesmo que não queira! Os guias dizem que o índice de sal é maior até mesmo que no Mar Morto. Sinistro, né?

Se quiser se refrescar, as lagoas liberadas pra entrar são a primeira e a última. No nosso caso, fazia um frio bem considerável no dia, então nenhum corajoso arriscou um tchibum. De qualquer forma, se você tiver coragem, lembre-se de tomar uma ducha logo na sequência, uma vez que o sal resseca toda a pele.

E depois de uma caminhada pela trilha onde se passa por todas as lagoas, nada melhor do que um almoço delicioso com esse visual inspirador, né?

2) Piedras Rojas / Salar do Atacama

Pegamos a estrada logo cedo e seguimos rumo as famosíssimas Piedras Rojas. Infelizmente, não conseguimos ver aquela paisagem encantadora das enormes pedras vermelhas com o lago esmeralda ao fundo. Mas não dá pra dizer que o passeio foi perdido. Fazia -17ºC com sensação de -25ºC e o visual com neve também era belíssimo. Deu até pra se divertir na neve!



Encurtamos o passeio, tomamos café na estrada, em um lugar com bem menos frio e vento e seguimos para o Salar do Atacama. São 320 mil hectares com muitas lagoas, flamingos e uma paisagem que mais parece que você está em outro planeta.

As enormes montanhas e vulcões que cercam o salar deixam o visual ainda mais fantástico e fotogênico. Destaque pro Licancabur, que é praticamente onipresente no cenário do Atacama, podendo ser visto de diversos dos passeios.

3) San Pedro de Atacama

Esse pequeno vilarejo é o ponto de partida da maioria dos tours do Deserto do Atacama. As ruas de terra e as casas de barro te fazem viajar no tempo, já que permanecem quase intactas e com as mesmas características de quando a cidade foi fundada, em 1450.

Se você não agendou os passeios, é ali que estão as agências! Não sabe onde comer? É só dar um passeio pelas ruas e ver os cardápios expostos do lado de fora dos restaurantes. Há vários hotéis naquela região e, se precisar, há também um banco em uma das esquinas.

Naquele pequeno centrinho, você vai ouvir dezenas de idiomas diferentes. São pessoas do mundo todo em busca de um lugar único, com cenários surreais, um céu completamente estrelado, muita natureza envolvida e quem sabe, um pouco de perrengue. Se você gosta de tudo isso, o Atacama é pra você!

Comentários

Local: Atacama, Chile
Sobre o Autor
- Formado em Publicidade e pós-graduado em Marketing, descobriu o gosto por viajar em 2009, após fazer um curso de Planejamento Estratégico na Califórnia. De lá pra cá, transformou a vida em uma partida de War e já conquistou 27 países. Em 2013, deu início ao projeto Destinos Imperdíveis.